\r\n\r\nO ambiente era de animação pelos corredores do E-commarketing Show, logo na abertura das portas. Quem esteve na primeira edição deve ter notado um salto qualitativo e quantitativo, de uma edição para a outra. Pelo menos foi a sensação que me deu, a avaliar pelas sessões a abarrotar de gente, com todos os lugares sentados ocupados, gente de pé e sentada na alcatifa, na maior das informalidades.

\r\n

\r\n

\r\n\r\nSeleccionei duas apresentações para assistir, por afinidade pelos temas e pelas pessoas. O Forum Social Media Hour foi moderado por Elsa Fernandes, Gestora de Marketing Digital na Exponor.\r\n\r\nArmando Alves, da Fullsix, propõe a troca dos «Likes», que considera uma métrica da vaidade, por «Love», na adopção de métricas relacionadas com objetivos.\r\n\r\nFrancesco Berrettini, do Inesting, fez uma breve história dos social media e deixou algumas dicas sobre como ouvir as pessoas nas redes sociais para depois fazer uso dos insights na melhoria do produto/serviço.\r\n\r\nJorge Coelho, da OgilvyOne, veio falar-nos dos seus amigos, entre eles o ROI, muito importante para os directores de Marketing, e do valor das marcas e a sua presença nas redes sociais.\r\n\r\nFrederico Carvalho, da Elogia, trouxe uma apresentação sobre a vida depois das redes sociais, onde aborda temas como o envolvimento das pessoas além das métricas quantitativas, baseado principalmente numa boa ideia para desenvolver o engagement.\r\n\r\nJorge Cunha, da iTechBuzz, falou sobre a dispersão da atenção nas redes sociais e nas empresas que disparam mensagens em todas as direcções, salientando o custo de aquisição e de retenção dos clientes. Destacou a flexibilidade das pequenas empresas, que se pode tornar uma vantagem, e a diferenciação na mensagem nos vários canais.\r\n\r\nOutro ponto do programa do primeiro dia a que não podia faltar foi a apresentação do grupo Facebuzz, um grupo português no Facebook que se define como «Um grupo, de acesso por convite, que pretende ser um ponto de encontro de profissionais e entusiastas da gestão e do marketing. Um local de partilha de ideias e pontos de vista – uma plataforma de Conhecimento e Networking». A animação da sessão esteve a cargo de Nuno Nunes, Sónia Costa, André Novais de Paula, Paulo Morais, Bruno Silva e Ricardo Andorinho que, para uma sala cheia de Facebuzzers e curiosos conseguiram passar o entusiasmo e o calor humano que emana do grupo virtual.\r\n\r\nLevei para casa muitas ideias para implementar, um bloquinho – que é sempre o que eu gosto de recolher nas feiras (quanto mais original, melhor),  os livrinhos «Social Media for Dummies» e «Retention Email Marketing for Dummies», da Emailvision e a revista com o Quem é Quem do sector, uma revista ainda com algumas falhas em castelhano pelo meio (que alguém que trabalha numa multinacional espanhola há uns anitos detecta logo à primeira, como foi o meu caso) , mas muito recheada de informação interessante.  Não posso deixar de referir os 75 € em publicidade grátis no Google, o que é sempre bom.\r\n\r\n

\r\n

\r\n

\r\n

\r\n

\r\n

\r\n