Objetivos para 2016: mudar é preciso

Este promete ser um ano de grandes alterações. Como se diz, se continuares a fazer o que fizeste até aqui, vais continuar a ter os mesmos resultados. No tempo em que vivemos, mudar não é opção, é uma forma de vida. Vou continuar a trabalhar em equipa remotamente mas a valiosa experiência dos últimos anos trouxe-me ideias que espero implementar este ano. Mudar é preciso.

Untitled design (6)

 

1. Escrever mais. Fazer as pazes com a escrita no meu blog é um objetivo importante. Quando me lembro dos meus tempos de jornalista em que a minha profissão era escrever, a inspiração vinha da prática. Depois de jogar para o papel as ideias de um brainstorming pessoal sobre cada tema assim como o resultado da pesquisa na net começava a estruturar as ideias e a organizar o texto. O processo era tão fluído na altura… A responsabilidade de empreendedora veio acrescentar a pressão de mil tarefas por realizar. Tenho de resgatar o prazer da escrita.

2. Tratar mais de mim e perder uns quilinhos… Parece um daqueles pontos que não falta em qualquer lista de resoluções de Ano Novo após os excessos do Natal. Para começar a minha meta é voltar ao peso normal para a minha estatura. O meu IMC diz-me que estou em excesso de peso…

3. Juntar-me aos amigos com mais regularidade. Para quem mora longe da família e dos amigos a saudade aperta… temos de inventar novos pretextos para nos encontrarmos.

4. Viajar, mais propriamente ir aos Açores ou à Madeira. Depois de dois anos sem viajar, estou mesmo a precisar de receber novos estímulos e nunca fui às ilhas (sim, é verdade…)

5. Cultivar a criatividade, vendo mais cinema, exposições e lendo livros além dos livros técnicos da minha área. O importante neste ponto é precisamente sair fora da minha área, onde me tenho focado nos últimos anos. A criatividade é uma matéria-prima ingrata para se trabalhar.

6. Dar uso à parafernália de equipamentos e utensílios de cozinha com receitas deliciosas e saudáveis. Como não faz sentido para mim deixar de ter prazer em comer, o melhor é aplicar o meu gosto por cozinhar e estudar formas de substituir ingredientes para tornar as refeições mais equilibradas.

7. Começar a praticar desporto. Ainda não consegui organizar-me com isso… Um desafio, sem dúvida.

8. Simplificar a organização da casa para poupar tempo. Temporizar as tarefas domésticas (quanto menos tempo gastar com elas, melhor) e aderir a um estilo de vida mais minimalista.

9. Dedicar mais tempo aos meus hobbies, como à costura, para abater o monte de tecidos que tenho colecionados para projetos que nunca saem da revista Burda ou do Pinterest.

10. Tirar mais fotografias minhas. Tenho de lutar para conseguir ultrapassar as minhas relutâncias em dar a cara pelos meus projetos. Se eu não os defender, quem os defende? Tenho de retirar essas minhas auto-limitações para fazer passar a mensagem. Será que vou conseguir?

11. Aprender umas coisas sobre vídeo. Desde o tempo do Canal Notícias de Lisboa que ficou a vontade de ir mais além. Na altura fascinava-me a reportagem e os documentários. Essa paixão acabou por ficar pelo caminho… tenho de retomar esse gosto a favor dos conteúdos em vídeo.

12. Inscrever-me num curso de vendas: Tenho de me assumir como vendedora do meu próprio negócio e aprender esse ofício mas dentro de uma lógica de venda consultiva e inbound marketing.

13. Fazer certificações revelantes para a minha profissão: as da Google e outras em Inbound Marketing. Nesta profissão temos de estar sempre em atualização. Gostar de estudar é um requisito obrigatório.

14. Dar formação é das experiências mais exigentes e gratificantes que tive nos últimos anos. O meu sonho é vir a dar aulas numa Universidade e pretendo trabalhar para isso. Entretanto, quero testar novos modelos de ensino à distância, para pessoas com pouco tempo mas com grande vontade de aprender e aplicar conhecimentos.

15. Criar novos formatos de serviços de consultoria. Cada vez mais as pessoas precisam de ajuda para alcançar os seus objetivos de uma forma mais rápida e acompanhada e procuro estar atenta à melhor forma de o fazer. Ando sempre a pesquisar novas ideias para conseguir resultados para os meus clientes e sinto uma grande responsabilidade nisso.

16. Rodear-me de pessoas positivas que potenciem as minhas qualidades ou então que as complementem.

17. Passar mais vezes das ideias aos projetos acabados. Tenho uns quantos cadernos de ideias completamente cheios. Algumas estão concretizadas mas é bom voltar a folheá-los de vez em quando. Podemos encontrar algum aspeto que possamos melhorar e que já tenhamos pensado anteriormente mas que se tenha perdido na azáfama do dia-a-dia.

18. Conseguir mais clientes que valorizem o meu trabalho, de preferência com contratos de avença. Está na hora de conseguir alguma estabilidade para poder investir na melhoria do serviço sem estar todos os meses a pensar projeto a projeto. Até porque no Inbound Marketing os resultados aparecem a médio longo prazo.

19. Escrever um livro. Será que vai ser este ano que vou conseguir concretizar esse sonho?

20. Participar em eventos profissionais nacionais e internacionais… para começar, já em inscrevi no Web Summit, em Lisboa.

Esta lista acabou por misturar objetivos pessoais e profissionais e no fundo, está tudo ligado. A vida não é só trabalho, mesmo quando se gosta muito do que se faz. A estratégia está definida. Agora resta-me ter a força e a persistência para a implementar, para que estas listas de objetivos e resoluções de Ano Novo façam sentido. Espero voltar a ler este artigo no fim do ano e sorrir porque consegui ir bastante além da minha imaginação.

Recommended Posts

3 Comments

  1. Estou contigo! Hoje também estive a fazer um brainstorming para o meu blog para conseguir divulgar melhor os meus serviços. Temos de trocar ideias!

  2. Gostei da tua lista, estou contigo! Objectivos ousados mas possíveis.Um balanço mensal de análise talvez ajude a relembrar essa lista. Fazer o balanço no final do ano também tem a sua piada.

  3. Sem dúvida! Alguns objetivos são mais concretos que outros e cada um deles tem muitos passos para dar. A ideia do balanço final é boa… Obrigada, vai aparecendo por aqui!


Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.